Sistemas Cognitivos
  • Anderson Sampaio Reboucas
  • Anderson Sampaio Reboucas

Sistemas Cognitivos

Last updated Nov 4, 2016

Decisões mais inteligentes, ampliando sua capacidade entender, raciocinar e aprender gerando novos modelos de negócios.

O conceito de cognitivo está diretamente ligado ao conhecimento. E o conhecimento se obtém através da troca de ideias entre pessoas, através de informações não formais, informações em relatórios, livros, e-mails, processos, gráficos, dados estatísticos, documentos, em universidades, em treinamentos, logs, dentro e fora das empresas.

Todas essas fontes de informação, quando interligadas umas às outras, geram o conhecimento que usamos para a tomada de decisões pessoais e profissionais. Através dessas decisões geramos mais informações e conhecimento para outras pessoas. Quando aprendemos, estamos consumindo conhecimento gerado por outras pessoas e esse processo está sempre sendo alimentado pela nossa experiência e pelas novas informações que produzimos.

Com a chegada da internet e o surgimento da era digital, com ferramentas como smartphones, tablets, computadores e demais dispositivos, o volume de informações tornou-se gigantesco. Essas informações podem ser estruturadas ou não estruturadas. No primeiro caso, estão aquelas padronizadas, armazenadas em bases de dados, que podem ser recuperadas, analisadas e mensuradas para a geração de relatórios e gráficos, para a tomada de decisões e alimentação de outros sistemas.

Através do cruzamento de diversas fontes, estruturadas e não estruturadas, internas e externas, aliado a um elo fundamental, o ser humano para analisar e dissecar as informações, podemos obter novos conhecimentos e insights de forma mais rápida, eficiente e precisa do que obteríamos de forma manual, cruzando todas essas fontes.

Mais e mais informações

Um sistema que possui capacidade cognitiva pode ser usado para auxiliar o ser humano a digerir um volume crescente de informações, que vem sendo gerada a cada minuto em todo o mundo para diversas áreas: médica, auditoria, investigação, combate a fraudes, descobrimento de novos negócios, criação de novos produtos, decisões financeiras, etc.

Os sistemas cognitivos, através do consumo de informações que serão alimentadas ao longo do tempo, poderão apresentar resultados diferentes, pois irão consumir novas informações, processá-las e apresentar resultados mais acurados. Os sistemas cognitivos poderão ser usados em conjunto com os sistemas atuais para que possam aperfeiçoá-los e criar novos conhecimentos ou até mesmo orientar melhor os usuários em suas decisões.